Em Ponta Grossa prefeitura anula artigo de decreto e quer 100% do transporte coletivo nas ruas.

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa anulou o artigo quinto do Decreto Municipal 18.617, de 26/02/2021, que fala sobre a redução em 50% da frota do transporte coletivo

O anúncio foi feito no início da noite desta terça-feira, 2 de março, por meio de edição complementar do Diário Oficial. Dessa forma, a Viação Campos Gerais (VCG) não é mais obrigada a operar com metade dos ônibus.



De acordo com a antiga medida da Prefeitura, a VCG poderia disponibilizar somente 50% de sua frota durante o período do Decreto Municipal, o qual traz medidas de combate à covid-19 até as 5h de 8 de março. Entretanto, por conta da alta lotação dos ônibus nos últimos dias, mesmo com as restrições para a circulação de pessoas, a determinação foi suspensa.



Segundo a atualização do Decreto, a anulação do Art. 5º se deve a “necessidade de adoção de medidas extraordinárias para a prevenção e defesa contra o novo Coronavírus (COVID-19)”. A recente mudança passa a valer já nesta terça (2) e traz a autorização da Prefeita Municipal, Elizabeth Schmidt (PSD), e do Procurador Geral do Município, Gustavo Schemim da Matta.



Número de passageiros caiu 35%

A VCG revelou na manhã desta terça-feira, 2 de março, que o número de passageiros circulando nos ônibus da cidade diminuiu. De acordo com a empresa, na última segunda-feira, 1º de março, a queda no número de usuários caiu em 35%. Dessa forma, foram transportados 29,4 mil passageiros pagantes em todo o dia de ontem (1º). Em comparação com a segunda-feira da semana passada, 22 de fevereiro, o fluxo de usuários foi de 45,8 mil. Por conta da alta procura pelo transporte coletivo, a VCG havia liberado mais veículos na data de hoje (2).



A equipe do Portal aRede entrou em contato com a VCG perguntando sobre a possibilidade de a empresa estar trabalhando com 100% da frota nesta quarta-feira, 3 de março. Porém, até o fechamento desta notícia, não obteve nenhuma resposta.





Con(CGN)

Relacionadas

Comentários